fbpx

Artigos

5 maneiras de usar contos para crescer como escritor

Vilto Reis
Escrito por Vilto Reis
5 maneiras de usar contos para crescer como escritor
Junte-se a mais de 20 mil assinantes

Entre para minha lista e receba conteúdos exclusivos sobre escrita criativa

A escrita de contos pode ser uma porta de entrada para escrever seu romance, mas também são histórias divertidas e dignas por si só. 

As histórias curtas não são apenas para exercícios de oficinas. 

Aqui estão cinco razões pelas quais praticar seu ofício no formato de contos é uma maneira de aprimorar suas habilidades ao longo de sua carreira de escritor.

1. Os contos são um caminho perfeito para explorar novos gêneros

Às vezes, mesmo sem perceber, limitamos nossa criatividade. Ficamos na nossa zona de conforto ao só escrever um certo tipo de história. Ou dizemos a nós mesmos que só “sabemos escrever” em um gênero específico.

Mas muitas vezes, no fundo, temos uma vontade criativa de explorar novas vozes, estilos e gêneros de contar histórias. 

A forma de história curta é o lugar perfeito para fazer isso. Ao ler contos do gênero que almeja, você rapidamente percebe suas convenções, estrutura e tom particulares. Elaborar seu próprio conto nesse gênero em 10 ou 20 páginas é muito mais fácil de entender do que tentar assumir um romance inteiro desde o início.

2. Os contos são ideais para correr riscos

Os contos são uma oportunidade maravilhosa de aprender as regras de um gênero… e depois quebrar as regras, se assim o desejar. 

Em uma história curta, as apostas são baixas, então você pode experimentar o abandono. Como a romancista e contista Caitlin Horrocks compartilhou, se você escreve um conto e ele falha, você não perde muito tempo ou energia — enquanto escrever um romance inteiro é muito mais que um investimento.

Adoro me desafiar a correr riscos em um conto e tentar algo em um nível artesanal que me intimide, como escrever a partir de uma perspectiva de segunda pessoa, contar uma história em ordem cronológica inversa ou escrever de um ponto de vista inesperado como um animal ou objeto inanimado. 

Leia também:

3. A brevidade inerente dos contos aguça seu foco como escritor

Nos contos, não há espaço para pigarros ou distrações ou tangentes não relacionadas. 

Quando você está escrevendo um conto, você reduz seu ofício aos elementos mais essenciais, aprendendo a criar muito com pouco. Esteja você trabalhando para melhorar seu diálogo, caracterização, descrição, enredo, dicção — em um conto, seu foco é reduzido, então você naturalmente aprende a ser mais impactante com cada palavra.

Esse aprimoramento e prática de seu ofício em forma de conto é um exercício essencial para o qual retornar várias vezes ao longo de sua vida de escritor. Como alongamentos ou exercícios em esportes, escrever contos faz você voltar ao básico, fortalecendo suas habilidades para projetos mais longos.

4. Os contos são muitas vezes a porta de entrada para novas ideias

Quando um personagem, lugar ou situação fala com você pela primeira vez, pode ser tentador mergulhar de cabeça e começar a detalhar um romance inteiro ou uma série de livros. Mas, às vezes, nossas melhores ideias para romances na verdade começam como contos que continuam a ecoar em nosso subconsciente e na página em branco.

Quando entramos no mundo da história em uma forma curta primeiro, não há a pressão ou a expectativa de um romance inteiro. 

Como escritores, não temos que forçá-lo. Podemos simplesmente deixar a história se desenrolar e perguntar se há mais coisas que gostaríamos de explorar. Quando conhecemos nossos personagens nos confins de um conto, desenvolvemos uma boa noção se gostaríamos ou não de viajar com eles ao longo de um romance inteiro. 

Algumas histórias que escrevi foram feitas para serem apenas contos. Outros se expandem e se expandem, até ficar evidente que são algo maior.

5. Quando você se sente esgotado por causa de um grande projeto, contos reacendem sua motivação

Se escrever um romance é uma maratona, escrever um conto é uma corrida de 5 km — o suficiente para fazer seu sangue bombear e a energia fluir, mas não tão exaustivo a ponto de cansá-lo. 

Escrever um conto pode ser exatamente o que você precisa para reacender sua paixão pelo longo prazo de seu romance. É extremamente gratificante dar vida a uma história do começo ao fim. Quando você está no “meio lamacento” de um rascunho de romance, fazer uma pausa para escrever um conto completo lhe dá uma onda de orgulho e confiança, que se espalha em tudo o que você escreve.

Escrever contos ajuda a crescer, alongar e se redescobrir como escritor. Espero que você possa descobrir que isso é verdade para você também!

***

E você, por que escreve contos? Concorda? Discorda? Participe dessa discussão nos comentários!

E se quer ir mais fundo no assunto, não deixe de conferir o curso COMO ESCREVER CONTOS 2.0.

***

Artigo traduzido e adaptado do site Writer’s Digest.

E o que você acha?

Conte nos comentários o que achou deste conteúdo :)

O seu endereço de e-mail não será publicado.