fbpx

Artigos

12 Frases que todo escritor ODEIA ouvir (e o que responder)

Vilto Reis
Escrito por Vilto Reis
12 Frases que todo escritor ODEIA ouvir (e o que responder)
Junte-se a mais de 20 mil assinantes

Entre para minha lista e receba conteúdos exclusivos sobre escrita criativa

Escrever é ótimo, mas ser escritor às vezes exige paciência. Por ser algo não tão habitual no Brasil, as pessoas têm uma série de perguntas e colocações nada bem-vindas. Não à toa existem frases que todo escritor odeia ouvir.

Você já passou por isso?

Ouviu uma dessas frases?

Nessas situações há sempre duas respostas. O que você gostaria de dizer e O que você geralmente diz. Concorda?

Não é nada fácil.

Você sabe de quais frases estamos falando?

Continue lendo este artigo para conhecer as 12 frases que todo escritor ODEIA ouvir (e o que responder).

“Você deve ser inteligente” ou “Queria ter esse dom”

Como se tivesse caído do céu e você não se esforçasse em nada. Dá para aguentar? Você passou anos escrevendo, lendo manuais de escrita, frequentando oficinas literárias e fazendo cursos para escritores para ouvir isso?

O que você gostaria de dizer: Sim, não sou um mero mortal como você.

O que você geralmente diz: Se você soubesse o trabalho que dá.

“Nem parece que foi mulher que escreveu”

Deu. Simplesmente, deu. Estamos no século XXI e uma frase assim não cabe mais, certo? 

O que você gostaria de dizer: **É que seu cérebro de ervilha não consegue entender que não é com o pau que se escreve.

O que você geralmente diz: Claro que parece. Você é que não parece entender de Literatura.

“Quando vai publicar seu primeiro livro?”

É a falta de conhecimento que as pessoas têm do mercado editorial. Não é nada fácil publicar um livro (e até estamos desenvolvendo um curso sobre o assunto), mas o escritor precisa se virar na resposta.

O que você gostaria de dizer: Você tem uma editora e vai me publicar?

O que você geralmente diz: Não é tão fácil assim.

“Se eu tivesse mais tempo”

Sim, com certeza está sobrando tempo para você, escritor. Você não tem família, não tem trabalho, não estuda e nem tem compromissos familiares, como todo mundo. E é só por isso que você escreve, não é mesmo?

E depois não sabem por que o escritor odeia ouvir esta frase.

O que você gostaria de dizer: Eu só tenho prioridades, meu querido. Se você deixar a preguiça de lado, também consegue.

O que você geralmente diz: Cada um faz o que gosta.

“Você escreve e trabalha com o quê?”

Outra opção é: “Você é escritor, mas qual é o seu trabalho de verdade?” Sabe o sangue subindo quando as pessoas perdem a chance de ficar quietas? Sim, este é o caso. Quando será que neste país escritor será reconhecido como uma profissão? Alguém pode ser ator ou músico, mas escritor não?

O que você gostaria de dizer: Você é idiota, mas trabalha com o quê?

O que você geralmente diz: Trabalho com as duas coisas. Sou escritor e também…

“Quando sai o próximo livro?”

Se você acabou de trabalhar intensamente em um projeto, deve estar acabado. Existe a tal exaustão criativa. E após escrever um livro, ou publicá-lo, precisa mesmo é descansar, viajar ou fazer outras coisas.

Se já faz tempo que publicou um livro e as pessoas estão te cobrando o próximo, o problema é delas. Você não é uma máquina de produção. Faça no seu tempo.

O que você gostaria de dizer: Quando me der vontade ou você começar a me pagar para escrever e ter direito de cobrar. Aí sai o próximo.

O que você geralmente diz: Estou trabalhando em um projeto novo aí. Logo sai.

“Tive uma ideia boa pra um livro. Você escreve e a gente racha os lucros. Que tal?”

Será que esta pessoa sabe como funciona o mercado editorial? Com toda a certeza, não. Ela não sabe o que é preciso fazer para publicar um livro. Não faz nem ideia de que o autor geralmente leva 10% do preço de capa do livro. Faz parte. Todo escritor odeia ouvir essa frase.

O que você gostaria de dizer: O que acha de você escrever e a gente rachar os lucros? Entro com o apoio moral.

O que você geralmente diz: Ando meio sem tempo. Tô muito focado num outro projeto.

“Minha vida dá um livro”

As pessoas acham que só por que você é escritor, precisa escrever sobre a vida delas. Você provavelmente se tornou um escritor, mas não tem nenhuma ideia. E agora sai à caça de ideias dos outros para escrever. Provavelmente.

Pior, essas pessoas ainda acham que a vida delas daria um bestseller.

O que você gostaria de dizer: Ótimo. Então vai lá e escreve.

O que você geralmente diz: Ah, legal.

“Quando ficar rico lembre de mim”

Será que as pessoas acham que você está investindo em petróleo ou no agronegócio?

Se o objetivo fosse ficar rico, você não estaria escrevendo, certo? (O Daniel Lameira, editor da Intrínseca, fala sobre o assunto nesta entrevista). São poucos os escritores que conseguem. E se você escreve apenas por dinheiro, saiba que provavelmente não vai conseguir.

Mas as pessoas ao seu redor não sabem disso.

O que você gostaria de dizer: Sim, vou lembrar lá de Dubai.

O que você geralmente diz: Não é bem assim. Vender livro não é fácil.

“Você deveria falar redação em vez disso?”

É o mesmo que dizer que você está perdendo o seu tempo. Ou no caso de você estar trabalhando profissionalmente – como redator, jornalista ou copywriter – e as pessoas não aceitarem que você também escreve ficção nas horas vagas e poderia dar uma aula sobre como estruturar um livro. É um saco.

O que você gostaria de dizer: Sim, você tem toda razão, porque existe muita diferença entre redigir e escrever, não acha?

O que você geralmente diz: Meu trabalho é diferente de ser escritor.

“Isso não dá futuro” ou “Dá pra viver disso?”

Para. Para tudo. De repente, é melhor você nem continuar esta conversa. Se a pessoa não entende que você escreve ficção porque ama fazer isso, não vai entender suas explicações.

Não há problema algum em ganhar dinheiro com a escrita, afinal de contas “amor não mata fome”, como diz o ditado popular. Mesmo assim, é um problema seu, correto? E a não ser que a pessoa pague um salário a você, ela não precisa se preocupar. Todo escritor odeia ouvir esta frase.

O que você gostaria de dizer: Não se preocupe, vou fazer dieta.

O que você geralmente diz: A gente se vira.

“Será que você tem talento o suficiente?”

Talento, dom, musa ou inspiração são palavras bonitas.

Mas um escritor de verdade não fica pensando nelas. Simplesmente, senta e escreve. Saber se “tenho talento para escrever” não é tão importante como ter determinação. E este tipo de comentário pode vir para acabar com sua autoestima. Ignore. Só escreva.

O que você gostaria de dizer: Você tem um medidor de talento aí pra gente descobrir?

O que você geralmente diz: Os leitores é que vão dizer.

***

Gostou dessas frases que todo escritor ODEIA ouvir? Compartilhe!

Qual é a frase que você mais odeia? Qual está faltando na lista? Você já ouviu alguma dessas? Comente no post e compartilhe!

* Agradeço as sugestões de frases dos participantes do grupo no Facebook do Curso CAMINHO DO ESCRITOR. São eles: Ceres Postali Marcon, Hélio de Paiva Jr, Leandro Chagas, Edhson J. Brandão, Lívia Nakazato, Henrique Gribel, Janayna Bianchi Pin e Juliana Vermelho Martins.

** As respostas da frase “Nem parece que foi mulher que escreveu” é da Cecília Garcia Marcon. E a frase é da Janayna Bianchi Pin. Obrigado às duas!

E o que você acha?

Conte nos comentários o que achou deste conteúdo :)

O seu endereço de e-mail não será publicado.