fbpx

Artigos

Aprenda de uma vez por todas o tamanho ideal das frases em um texto literário

Vilto Reis
Escrito por Vilto Reis em 6 de abril de 2021
Aprenda de uma vez por todas o tamanho ideal das frases em um texto literário
Junte-se a mais de 20 mil assinantes

Entre para minha lista e receba conteúdos exclusivos sobre escrita criativa

Qual o tamanho ideal das frases em um texto literário? 

É uma pergunta que ouço com frequência nos cursos e mentorias que ministro.

Na verdade, é o tipo de questionamento que me anima. Significa que o escritor ou escritora está indo além daquelas coisas mais básicas. Finalmente, está adentrando os lugares secretos da escrita para encontrar seus segredos mais importantes.

Bom, para responder a esta pergunta, vamos recorrer a um conselho de Gary Provost. Algo prático e fácil de entender, porém que pode revolucionar sua escrita.

Continue lendo este artigo para entender qual o tamanho ideal das frases em um texto literário.

Quem é o autor do conselho sobre as frases?

Garry Provost lendo grandes frases?
Garry Provost (foto: arquivos da família).

Garry Provost foi um escritor americano que fez mais sucessos por seus conselhos de escrita criativa que por sua ficção.

(Não foi o único, mas isso não vem ao caso).

Além disso, ele foi um dos professores do Writer’s Digest, tendo criado um retiro para escritores que se reuniam em San Antonio.

De um de seus livros mais famosos, o 100 Ways To Improve Your Writing (100 maneiras de melhorar sua escrita), lançado em 1985, saiu um conselho sobre o tamanho das frases que viralizou no Twitter.

O autor da postagem foi o escritor  argentino Axel Marazzi. E nada menos que 12 mil usuários curtiram o tuíte e 6 mil repostaram.

O porquê disso?

Bom, o estilo de Provost é direto e transparente, ao mesmo tempo em que se mostra simples e prático.

Vejamos então!

O conselho de Garry Provost sobre frases, no original 

Se você compreende textos em inglês, poderá ler no original o que o autor disse. Se não dominar, não se preocupe, mais abaixo, você encontra uma tradução para o português.

This sentence has five words. Here are five more words. Five-words sentences are fine. But several together become monotonous. Listen to what is happening. The writing is getting boring. The sound of it drones. It’s like a stuck record. The ear demands some variety.

Now listen. I vary the sentence length, and I create music. Music. The writing sings. It has a pleasant rhythm, a lilt, a harmony. I use short sentences. And I use sentences of medium length. And sometimes when I am certain the reader is rested, I will engage him with a sentence of considerable length, a sentence that burns  with energy and builds with all the impetus of a crescendo, the roll of the drums, the crash of the cymbals — sounds that say listen to this, it is important.

So write a combination of short, medium, and long sentences. Create a sound that pleases the reader’s ear. Don’t just write words. Write music.

— Gary Provost

Tradução para o português do conselho sobre frases

Esta tradução foi compartilhada por  Cristiana Sbardella Tamamoto no grupo Papo de Autor, no Facebook.

Veja como ficou em português, mantendo praticamente a mesma quantia de palavras nas frase:

Esta sentença tem cinco palavras. Aqui estão mais cinco palavras. Nenhum problema com sentenças assim. Mas muitas juntas são monótonas. Escute o que está acontecendo. A escrita está ficando maçante. O som dela é incômodo. É como um disco quebrado. O ouvido demanda alguma variedade.

Agora escute. Eu vario o comprimento da sentença, e eu crio música. Música. A escrita canta. Ela tem um ritmo agradável, uma cadência, uma harmonia. Eu uso sentenças curtas. E eu uso sentenças de tamanho médio. E, às vezes, quando estou certo de que o leitor está descansado, eu o envolvo com uma sentença de comprimento considerável, uma sentença que arderá com energia e construirá com todo o ímpeto de um crescendo, o rufar dos tambores, o choque dos címbalos — sons que dizem “ouça isso, é importante”.

Então escreva com uma combinação de sentenças curtas, médias e longas. Crie um som que agrada o ouvido do leitor. Não apenas palavras. Escreva música.

— Gary Provost (tradução de Cristiana Sbardella Tamamoto)

Por que dar tanta atenção a estes detalhes?

Francine Prose em Greenwich Village, em Nova York, em 2007 (foto por Paul Hawthorne).
Francine Prose em Greenwich Village, em Nova York, em 2007 (foto por Paul Hawthorne).

No livro Para ler como um escritor, Francine Prose dedica um capítulo inteiro às frases.

Ela aponta, por exemplo, que entre leitores há aqueles dispostos a ler as obras de determinados autores apenas pelas frases. 

A autor acrescenta ainda que: 

“A frase bem-feita transcende tempo e gênero. Uma frase bonita é uma frase bonita, não importa quando tenha sido escrita, ou se aparece numa peça ou num artigo de revista.”

O que sempre falo para novos autores, além de estarem atentos à revisão, é que parte do trabalho do escritor é encontrar um jeito único de dizer determinada coisa. 

Não falo de usar palavras difíceis, mas de uma originalidade que está na escolha de palavras, ordenação e até na estrutura das frases.

Um bom escritor não é só aquele que escreve, mas sim o que trabalha e burila cada uma de suas frases, encontrando desde o tamanho ideal até as palavras certas.

***

E aí, o que achou? Concorda com Garry Provost a respeito do tamanho das frases? Como você costuma trabalhar as suas?

Deixe seu comentário e ajude a continuar esta discussão!

E o que você acha?

Conte nos comentários o que achou deste conteúdo :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 Replies to “Aprenda de uma vez por todas o tamanho ideal das frases em um texto literário”

HELIO RUBENS SILVA MARTINS

Depois que a gente ouve parece óbvio que temos que variar o tamanho, a estrutura da frase pra não cansar o leitor. Aí eu digo: como é que eu não pensei nisso antes?

Clayton Sena

Dicas tão óbvias ao ponto de nem se perceber em uma escrita com sabedoria no leitor. Fiquei até sem palavras. Apenas muito satisfeito. Valeu.

Vilto Reis

Verdade, Clayton. Ficamos até ofendidos por ser tão óbvio, haha.

Evandro

Excelente dica!

Vilto Reis

Valeu, Evandro!

Arthur

Dá um estalo na mente quando se atenta a isso. Muito bom.

Vilto Reis

Com certeza, Arthur.

Salete Ribeiro

O conteúdo é muito importante para ser mais organizado com o que se descreve em um livro, Enrique os textos sem os deixar cansativos ao leitor.

Salete Ribeiro

Eu concordo, acho que o escritor tem que se preocupar com isso também. Além de ser um escritor tem que ser leitor. O que realmente é importante para o escritor é sentir-se feliz com o que escreve. Se isso não acontece certamente se frustrará.

Vilto Reis

Com certeza, Salete. Obrigado por comentar!