fbpx

Artigos

Leitura Crítica, Preparação de Texto, Leitura Beta ou Leitura Sensível: Qual o Melhor para o Seu Livro?

Vilto Reis
Escrito por Vilto Reis
Leitura Crítica, Preparação de Texto, Leitura Beta ou Leitura Sensível: Qual o Melhor para o Seu Livro?
Junte-se a mais de 20 mil assinantes

Entre para minha lista e receba conteúdos exclusivos sobre escrita criativa

Quando comecei a escrever, convivia com a sensação de que faltava alguma coisa. Algo que só encontrei após minha primeira leitura crítica.

Mas na época, não fazia nem noção do que significava a expressão “leitura crítica.”

Possuía um punhado de contos longos que formavam um livro. Seis, para ser mais exatos. Revisei um sem número de vezes, porém não conseguia descobrir o que faltava.

Então lendo em um site, descobri o que era uma leitura crítica. Descobri que podia contratar um profissional da escrita para avaliar meus textos e me ajudar a evoluir como escritor.

Havia lido Neon Azul fazia pouco tempo. Logo fui “seco” falar com o Eric Novello e o contratei para uma leitura.

Parece clichê, mas foi a melhor coisa que me aconteceu. Descobri vários equívocos que cometia e que me desqualificavam como escritor. Por isso, acho importante que você, escritor, entenda como este tipo de serviço é fundamental.

Mas um tempo depois, descobri que existiam outros serviços, como: preparação de texto (também chamado de copidesque), leitura sensível e leitura beta.

E, para que você não fique perdido, como eu fiquei no começo, vou explicar o que significa cada uma abaixo.

Mas antes:

Por que ouvir opiniõs de outras pessoas sobre o meu texto?

Pense nos pintores de antigamente.

Há uma ideia romântica de que a musa descia para eles e tudo acontecia. Porém, a verdade é que eles passavam muito tempo “desenvolvendo seu talento”, como fez Pablo Picasso.

Para desenvolver o talento, eram horas aprendendo com pintores mais experientes. Após pintarem, contavam com a avaliação crítica desses mestres. Assim, continuavam se desenvolvendo sempre. Buscavam a excelência.

Meu Site com Banner

O trabalho com a opinião de outros leitores é muito semelhante, mas para escritores.

Porque trata-se do processo em que alguém com experiência no mercado editorial e em edição de texto (de preferência, que já tenha sido editor) analisa o original de um autor, tecendo comentários e sugerindo melhorias para tornar o manuscrito realmente um livro.

Acredite, este trabalho faz toda a diferença.

Então vamos entender o que é cada um desses quatro serviços, na verdade, três, porque um é mais um ato de camaradagem que acaba auxiliando no processo.

Como Leitura Crítica, Preparação de Texto, Leitura Beta ou Leitura Sensível podem te ajudar

É claro que há formas e formas de trabalhar. Mas, em geral, é assim que funciona:

Cabe ao escritor transformar sua ideia em história, planejando, escrevendo a primeira versão, revisando algumas vezes e, em seguida, enviando para uma das opções abaixo, conforme a necessidade.

Talvez você se pergunte: por que não enviar o texto em sua primeira versão ao leitor crítico? Porque talvez o leitor acabe focando mais em erros de gramática e digitação do que no essencial, que é o texto. 

Vamos entender o que é cada um deles:

Leitura Crítica

A leitura crítica é um processo realizado por um profissional experiente no mercado editorial. Esse especialista lê o seu manuscrito com um olhar crítico, avaliando elementos fundamentais como estrutura narrativa, desenvolvimento de personagens, uso eficaz da linguagem e outros aspectos literários.

O objetivo é identificar pontos fortes e fracos, sugerindo melhorias que podem elevar o nível da sua obra. O serviço oferecido envolve uma análise minuciosa do texto, acompanhada de um relatório detalhado ou comentários marginais, que fornecem insights valiosos para o autor.

A leitura crítica não busca corrigir erros gramaticais ou de estilo, mas sim aprofundar-se na essência do texto, focando na melhoria da qualidade literária e na preparação da obra para o público leitor e o mercado editorial.

Preparação de Texto (também chamado de Copidesque)

A preparação de texto, ou copidesque, é um processo editorial focado na lapidação da forma do texto.

O copidesque vai além da simples correção gramatical; ele aprimora a fluidez, a clareza, a precisão e o estilo da escrita. Essa etapa é crucial, pois mesmo as melhores ideias podem se perder em meio a problemas de redação e estrutura.

O profissional de copidesque entra em cena após a fase inicial de escrita e revisão feita pelo autor, assegurando que o texto esteja não apenas correto, mas também envolvente e atraente. Esse serviço inclui ajustes na sintaxe, substituição de palavras por sinônimos mais adequados, eliminação de redundâncias, e até mesmo reorganização de trechos para garantir uma leitura mais fluida.

É importante ressaltar que tudo é feito como sugestão no texto. Este profissional não vai alterar seu texto a seu bel prazer, mas sim sugerir mudanças, que podem ou não ser aceitas pelo autor.

Em suma, o copidesque torna a obra mais polida e profissional, crucial para autores que buscam publicar seu trabalho com a máxima qualidade.

Leitura Sensível

A leitura sensível desempenha um papel vital no processo de revisão literária, focando na representatividade e sensibilidade cultural.

Este profissional analisa o manuscrito buscando elementos que possam ser potencialmente problemáticos ou ofensivos, especialmente em relação a questões de raça, gênero, sexualidade, religião e outras identidades culturais ou sociais. O objetivo é assegurar que o livro não perpetue estereótipos nocivos, preconceitos ou imprecisões, contribuindo para uma literatura mais inclusiva e respeitosa.

O leitor sensível fornece feedbacks e sugestões específicas para que o autor possa revisar seu trabalho de forma a respeitar a diversidade e promover uma representação autêntica e cuidadosa de personagens e contextos diversos.

Leitura Beta

Importante dizer que este não é um serviço profissional, portanto não deve ser cobrado.

A leitura beta é realizada por leitores comuns, geralmente não-profissionais, que representam o público-alvo do livro. Ao contrário da leitura crítica, que é técnica, a leitura beta fornece uma perspectiva direta e prática sobre como a história ressoa com o leitor médio.

Este processo permite ao autor obter feedbacks genuínos sobre aspectos como enredo, personagens, ritmo e legibilidade. É uma espécie de “teste de mercado” preliminar, dando ao escritor uma noção clara do impacto emocional e do engajamento da obra.

O serviço de leitura beta é frequentemente informal, podendo ser realizado por amigos, familiares ou membros de grupos de leitura. Através dos comentários dos leitores beta, o autor pode identificar pontos confusos, trechos monótonos ou aspectos altamente apreciados, ajustando sua obra antes da publicação final para garantir uma recepção mais positiva pelo público.

Como acontece o feedback desses serviços?

Cada um desses serviços tem um método próprio de fornecer feedback, que é essencial para o aprimoramento da obra.

Leitura Crítica: após a análise do manuscrito, o leitor crítico prepara um relatório, que pode incluir comentários gerais sobre a obra e observações específicas, marcadas diretamente no texto. Esse relatório discute aspectos como estrutura narrativa, desenvolvimento de personagens, uso da linguagem e outros elementos literários. O autor pode então ter a oportunidade de discutir esses pontos com o leitor crítico, seja por meio de e-mails, chamadas ou reuniões, para esclarecer dúvidas e entender melhor as sugestões.

Preparação de Texto/Copidesque: o profissional realiza correções e sugestões no próprio manuscrito, utilizando ferramentas de edição de texto para destacar mudanças e adicionar comentários. O objetivo é melhorar a clareza, fluidez e precisão estilística do texto. Após a revisão, o autor pode revisar as alterações e discutir quaisquer dúvidas com o copidesque.

Leitor Sensível: o feedback é fornecido em um relatório que aborda questões específicas de representatividade e sensibilidade cultural. O relatório detalha quaisquer problemas potenciais e sugere alterações para evitar estereótipos ou representações ofensivas. O autor pode então trabalhar com o leitor sensível para entender melhor as preocupações e como abordá-las na revisão.

Leitura Beta: aqui o retorno da leitura beta é mais informal e baseado na reação do público. Este feedback é focado na experiência do leitor com a história, abordando elementos como enredo, personagens e legibilidade. O autor pode compilar essas informações para identificar tendências e áreas para melhorias.

Em todos os casos, o feedback é uma ferramenta valiosa para o autor, oferecendo diferentes perspectivas e orientações para refinar sua obra antes da publicação.

Mas e o efeito desse trabalho?

A Importância da Leitura Crítica, Preparação de Texto, Leitura Sensível e Leitura Beta para Seu Original

Cada etapa da revisão literária traz benefícios únicos ao seu livro. Ao mergulhar na própria narrativa, detalhes importantes podem escapar.

Esses serviços oferecem “olhos externos” essenciais.

A leitura crítica foca na estrutura e no conteúdo, apontando pontos a melhorar na trama e personagens. A preparação de texto refina a linguagem, elevando a clareza e estilo. A leitura sensível garante que seu trabalho respeite a diversidade, evitando representações problemáticas. Já a leitura beta, com feedbacks de leitores típicos, destaca como sua história realmente impacta o público.

Integrando essas revisões, seu livro se torna mais polido, respeitoso e atraente para o mercado editorial e leitores, aumentando suas chances de sucesso.

Preço, quem faz e últimos detalhes

A maioria desses serviços é calculado por laudas que seu texto tem. Há quem considere laudas de 1800, 2100 e 2500 caracteres.

Costumo dividir os caracteres com espaço por 2100 para ter o número de laudas. Esse número vezes valor X dá o preço da leitura crítica.

Atualmente, ofereço o serviço de Leitura Crítica e Preparação de Texto separadamente ou juntos, conforme a necessidade.

Se houver interesse, venha conversar comigo. 

Só pra constar:

Sou escritor, roteirista de quadrinhos e professor de escrita criativa. Também me aventuro no mundo dos RPGs e participo do Podcast 30:MIN. Entre meus livros estão ‘Nascida para o trono’, ‘Fim do império’ e ‘Um gato chamado Borges’, este último finalista do Prêmio SESC 2015. Publiquei contos em várias antologias e revistas. Estive à frente do Homo Literatus, da Editora Nocaute e da Revista Pulp Fiction, e fui jurado do Prêmio Jabuti 2022. Atualmente, mantenho um canal no Youtube sobre escrita, ministro cursos e ofereço mentorias.

Portanto, se tiver interesse em leitura crítica ou preparação de texto, fale comigo pelo e-mail contato@viltoreis.com ou pelo WhatsApp 47996287372 (é só clicar aqui!).

***

Assista também:

Artigo atualizado em 03/01/2024.

Meu Site com Banner

E o que você acha?

Conte nos comentários o que achou deste conteúdo :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 Replies to “Leitura Crítica, Preparação de Texto, Leitura Beta ou Leitura Sensível: Qual o Melhor para o Seu Livro?”

HELIO RUBENS SILVA MARTINS

O site ficou muito bom, fácil de achar as coisas, sem frescura.

Vilto Reis

Valeu, meu amigo! Obrigadão.

Afonso Sampaio

Preciso de um trabalho de Leitura Crítica para um livro que escrevi e registrei em 2019. Tem 57 páginas mais 20 paginas em meditações diversas.

Vilto Reis

Olá, Afonso. Se deseja, envie um e-mail para contato@viltoreis.com. Assim, passo um orçamento a você.

Labi Mendonça

Gostei do site. Li suas dicas para um bom conto. Li mais sobre leitura crítica. Temos histórias semelhantes em épocas distintas. Sou escritor desde os anos 60. Escrevo desde adolescente. Fiz duas vezes 36 anos, fui publicitário, marketing, cineasta, roteirista, produtor de filmes, letrista, hoje criador de histórias e romancista. Tenho livros publicados. Me interessei pela leitura crítica, além de poder acrescentar você na minha relação de autores com quem pretendo manter contato e trocas. Também adoro caminhar, meditar, e colaborar com iniciantes. Parabéns pelo site e pela iniciativa. Vou mandar e-mail depois.